Estes são os Blogues dos que amam Angola

Estes são os Blogues dos que amam Angola
Carreguem com o rato nesta imágem

Musica

domingo, 31 de Outubro de 2010

A morte do presidente da UNITA, Dr. Jonas Malheiro Savimbi.

Como todos sabemos, e como também já escrevi, o saudoso morto presidente da UNITA, lutou contra o MPLA até à sua morte. Não lutava contra um governo, porque nem ele, nem 70% dos Angolanos não votaram na escolha desse governo, e, como tal, era um governo, visto pelos angolanos, como ilegítimo. Foi por este motivo que a UNITA, depois de ter vencido o colonialismo, foi esforçado a levar a cabo cerca de 30 anos de guerra fratricida a fim de defender que a sua pátria querida não caísse na mão de novos colonizadores, como China, Brasil e até Portugal, que apoiados pelo José Eduardo dos Santos, família e capangas, exturquem riquezas de Angola como nunca durante o Colonialismo foi extorquida e o povo vivendo numa miséria profunda.
O Dr. Savimbi era um cidadão que lutou toda a sua vida em busca da igualdade para o povo angolano. Não foi morto pelos Angolanos! Foi morto pelos lacaios do imperialismo internacional! Os que o mataram não eram angolanos e como tal não vivem em defesa dos interesses dos Angolanos.
Sem escrúpulos, mataram-no e escandalosamente, mostraram imagens de vários ângulos de seu cadáver como se de um animal se tratasse. Foi um escândalo! Não se trata um ser humano daquela forma! Depois de já estar morto, aproximaram-se do cadáver, espetando-lhe com mais uns tiros e pontapearam-no! Os anti-angolanos que o fizeram, são terroristas que, não só tiveram coragem de o matar, em vez de o capturarem, como também já haviam morto vários simpatizantes daquele movimento do galo negro.
Estes homens, que chacinaram os que lutavam pela igualdade do seu povo, deveriam serem julgados no tribunal internacional dos direitos humanos.
De que valeu o povo angolano sacrificarem a sua vida para acabarem com o colonialismo português? Homens, mulheres e crianças morreram no tempo colonial mas era em defesa da sua terra, em defesa de igualdade social. Mas uma coisa é certa… muito mais gente foi morta pelos lacaios do imperialismo depois da independência, do que durante todo o tempo colonial.
Hoje, os que são verdadeiramente angolanos, os que perderam e se desagregaram de suas famílias devido á guerra, vivem numa miséria profundo para que José Eduardo dos Santos, lacaio do imperialismo internacional, sua filha e capangas vivam em grande nível de vida sendo eles os donos de parte da riqueza extorquida em Angola, porque outra parte é extorquida por empresas estrangeiras.
Povo Angolano… como presidente de um partido que lutou pela igualdade dos angolanos só ouve um! Foi o Dr. Savimbi, ele amava a sua terra e o seu povo! Ele não morreu! Ele vai estar sempre na memória dos Angolanos! Não na memória dos estrangeiros ZÈDU e COMPANHIA.
O Sol quando nasce é para todos…






Na bandeira, da UNITA, a cor vermelha representa o "sangue dos angolanos", o verde representa “Esperança”, o sol representa “Quando nasce é para todos” e o galo “Quando canta é para despertar”! Por isso sigam os dizeres da bandeira! Despertem! Abram os olhos! Não se deixem enganar! “O nosso galo canta”!!!


Savimbi… sempre!
Angola… sempre!
KWACHA Angola, KWACHA UNITA

17 comentários:

  1. Querido amigo, infelizmente as pessoas que lutam por justiça, morrem. As inuteis continuam no poder, igual aqui no Brasil. Tenha uma linda semana. Beijocas

    ResponderEliminar
  2. Fica sua homenagem Jose e que a historia faça sua parte, que o sol da liberdade há de brilhar sim.Um abraço de paz e luz.

    ResponderEliminar
  3. Realmente, onde houve injustiça, deve haver luta para restabelece-la...

    Fique com Deus, menino José Souza.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  4. É sempre assim, não?
    Oi meu amigo, vc estva tão sumidinho.
    Beijo

    UMA LINDA SEMANA!

    IRAM

    ResponderEliminar
  5. Jose
    Que coisa mais terivel, mas a explicação da bandeira e agradou.
    Estava no Rio de Janeiro
    com carinho MOnica

    ResponderEliminar
  6. Venho agradecer a tua visita.
    Jonas Savimbi foi pintado por toda a imprensa como o mau da fita e o assassino dos angolanos.

    Concordo contigo relativamente aos estrangeiros que monopolizaram as riquezas de Angola.
    Não sei o que podem fazer para sair dessa situação porque quem está no poder não sai de lá e o clã está montado à sua volta.
    Se ele sair vem outros piores ainda porque este mundo é cego por poder e dinheiro..........

    ResponderEliminar
  7. Ao passar por aqui desejo um bom fim de semana e tudo de bom.

    António José.

    ResponderEliminar
  8. Amigo Jose: Quando se luta pelo o bem de todos, há sempre quem consegue ganhar favoritismo, mas que depois se esquece que o sol quanda nasce é para todos, quizeram ser indenpendentes e com toda a razão, só que os varões do MPLA só se lembram deles e dos seus pares o resto do povo angolano para eles não tem valor, é como os politicos Portugueses democracia só para eles e seus pares o Zé povinho que se lixe.
    Um abraço
    Santa Cruz

    ResponderEliminar
  9. Este relato é tendencioso, os comentários são facciosos e é autoria de saudosistas, que anseiam por nova guerra extemporânea e dissimulada sob a capa de libertação do povo e/ou de luta contra colonialismo e imperialismo.
    Ao autores só lhes falta descobrir um novo e "iluminado" líder angolano, tribalista e obstinado por acicatar as populações, para através do conflito armado conquistar a cadeira que por ora é de J.E.S. .
    Ninguém nega que hoje as riquezas de Angola estão a ser divididas pelos bureau politico e bureau militar do MPLA e seus parceiros internacionais, que descaradamente cobram o seu quinhão pela vitória duma guerra que dizimou populações.
    Todo mundo vê o sectarismo, no que concerne ao acesso a meios que potenciem melhoras nas condições sociais e financeiras da população angolana.
    É evidente que as prioridades dos actuais governantes não é o progresso imediato das populações desfavorecidas, mas sim o quitar de dividas de guerra e simultaneamente salvaguardar a própria independência financeira, duma forma faustosa e atentatória contra a pobreza que grassa pelos musseques(favelas) e pela população estigmatizadas pela interioridade.
    Mas pelo amor de Deus, não há nenhum angolano mentalmente são que prefira Angola da guerra civil à actual Angola sem Savimbi, e a vida do último é indissociável da matança e resgate de populações indefesas.
    Não queiram santificar um homem que pelo poder fez acordos c/ todos os enviados do diabo, nem façam renascer os ódios e/ou a teoria de que é preciso matar mais angolanos para desconstruir esta Nação corrupta.

    ResponderEliminar
  10. (Continuação)Escamotear os crimes e atrocidades de Savimbi, imputando todas as responsabilidades aos actuais governantes, é um exercício de execrável malabarismo politico, e demagogia barata. É também irresponsabilidade de quem se recusa olhar p/ Angola como um todo, com a população incluída.
    Eu testemunhei à confiscação de propriedades alheias por parte da UNITA, assim como presenciei ao liquidar de civis simpatizantes de adversários políticos de Savimbi. Eu vi-o ostentar Range Rovers, anéis e relógios caros, e nunca o vi como celibatário disposto a viver humildemente e à medida das condições da sua famigerada população Bailunda/ovimbundu.
    Todos temos acesso aos relatórios credíveis de organizações internacionais independentes, que denunciaram a exploração diamantifera para proveito da UNITA e da guerra, em desfavor das populações.
    Se se consideram angolanos honestos, deixem de ser hipócritas e revanchistas, defendendo o indefensável passado de guerrilheiros c/ as mãos manchadas de sangue do próprio povo.
    Ninguém se lembra do pro-ocidental Mobutu que derrubou o colega Lumunba, e que foi posto no poder por forças internacionais que sustentaram a guerra de Savimbi?
    Que obras beneméritas fez ele pelos congoleses, comparativamente c/ a infinita fortuna pessoal que acumulou através de usurpação de recursos que moralmente pertenciam ao povo que o déspota alegava defender do comunismo?
    Alguém se lembra de que benefícios e paz deixou ele para as populações do "seu" Zaire?
    E quem ignora os devaneios do socialista Robert Mugabe num país cuja data da independência coincide c/ a de Angola, uma nação outrora rica pela força do trabalho mas agora na bancarrota, destoando c/ a riqueza do execrável presidente?
    Há algum presidente de alguma república (rica ou pobre) africana que não se "abotoe" c/ a melhor parte do bolo?

    ResponderEliminar
  11. (CONTINUAÇÃO 2)
    E Savimbi alguma vez demonstrou ser desprovido de ambição e da necessidade de bens materiais?
    Seria Savimbi um Presidente diferente dos demais líderes africanos (excepção feita a Mandela e quiçá Chissano)?
    O que esta nova Angola precisa é de soluções inovadoras e abrangentes, civilizadas e pragmáticas, mas desvinculadas de todos os participantes em crimes de sangue, crimes morais ou crimes económicos.
    Angola tem de ser administrada a olhar para um futuro que tem de ser totalmente diferente duma guerra pelo poder, ou dum poder sustentado na cobrança de favores políticos e/ou militares.
    UMA ANGOLA QUE NO PRESENTE COMBATA O PASSADO SEM DESCURAR DUM FUTURO PACÍFICO E JUSTO PARA OS ANGOLANOS EMPREENDEDORES/INVESTIDORES E PARA OS AMIGOS HONESTOS DA NAÇÃO QUE NÃO ESTEJAM REFÉNS DUM APARELHO DE ESTADO DE MÃO ESTENDIDA ÀS LUVAS DA CORRUPÇÃO, PERMITINDO QUE SE CRIEM EMPREGOS P/ A GRANDE MAIORIA DA POPULAÇÃO QUE ESTÁ CANSADA DA MISÉRIA E DOS ESQUEMAS PELA SOBREVIVÊNCIA

    ResponderEliminar
  12. Jose
    Amanha é meu aniversário
    com carinho MOnica

    ResponderEliminar
  13. Olá José Sousa
    Obrigado pelas referências e por gostar de me ler. Sigo os seus blogues com muito entusiasmo e interesse. Há meses enviei-lhe um e-mail seguido de outro mas ainda não recebi resposta. Julgo que teria enviado para um e-mail errado. Gostava muito de lhe enviar uma 2ª via desses e-mails onde pergunto pelo paradeiro de eventuais amigos de Porto Amboim. Poderá enviar o seu endereço de e-mail para o meu endereço rui.moio@gmail.com.
    Fico-lhe muito grato
    Um abraço e votos que continue com as suas úteis e corajosas publicações

    ResponderEliminar
  14. Olá Josè!!Tudo bem?Andas bastante sumido!!!Saúde e paz.

    ResponderEliminar
  15. Jose!
    Estive vendo que esta de volta visitando
    os blogs de amigos.
    Que bom que esta bem.
    Lamento tanto que tenha me deixado
    na mão quanto ao concurso
    que confiei em convida-lo.
    Coisas da vida.
    Ja me acostumei aos baques.
    Nem um email de satisfação foi respondido.
    Lamento de verdade.
    O Concurso esta encerrado.
    Que pena.

    ResponderEliminar
  16. Olá amigo José, infelizmente os justos partem e ficam os que não fazem falta. Beijos com carinho

    ResponderEliminar
  17. José, recebi o selo Prêmio Dardos, do blog Bela Estrela Matinal, portanto, gostaria de repassá-lo pra vc também.
    Sabe, amigo, eu não ligo pra esses mimos, não tenho ä menor vaidade, mas, pelo menos, me fez lembrar de você.
    Beijos
    Glória

    ResponderEliminar